CÂNCER COLORRETAL

O Câncer Colorretal é um tumor que acomete o intestino grosso, reto e ânus. É o terceiro tipo de câncer mais frequente em homens e o segundo em mulheres. Apesar da doença ocorrer com mais frequência a partir dos 65 anos, há um aumento significativo em jovens e adultos.

É importante ficar atento aos sinais, pois esta é uma doença SILENCIOSA:

– Diarreia ou constipação

– Sensação de que o intestino não é completamente esvaziado

– Presença de sangue nas fezes

– Dor abdominal tipo cólica, sensação de inchaço abdominal.

– Cansaço e fadiga

– Anemia e perda de peso sem um motivo específico.

Cerca de 90% dos casos iniciam com o surgimento de pólipo intestinal, porém existem fatores de risco que devem ser observados para iniciar a prevenção:

– Histórico familiar de câncer de intestino

– Ter Idade a partir de 45 anos

– Sedentarismo

– Doenças inflamatórias intestinais recorrentes e crônicas

PÓLIPOS INTESTINAIS

Você sabia que 90% dos casos de câncer colorretal tem início a partir do pólipo?

Os pólipos são lesões benignas que podem surgir na parede interna do intestino grosso e que em algum momento podem sofrer alteração, podendo evoluir para um tumor. A única forma de evitar essa evolução é detectá-los e removê-los por meio da colonoscopia.

 

 

PREVENÇÃO

A Colonoscopia é o exame mais indicado e mais eficaz para prevenir e detectar o câncer colorretal. A partir desse exame o especialista consegue visualizar alterações no intestino ainda em fases iniciais, como por exemplo os pólipos, além de detectar sangramentos e inflamações intestinais.

O exame é indicado para homens e mulheres a partir dos 45 anos, mesmo que não tenham histórico da doença na família. No caso de pessoas com histórico familiar de câncer de intestino e pessoas com sofrem com doenças inflamatórias intestinais, a colonoscopia é obrigatória e a frequência é estabelecida pelo especialista.